top of page
Blog Capa 05.jpg

A alta rotatividade dos departamentos. de Recursos Humanos nas empresas do Paraguai!

Introdução

Com essa situação evidente há alguns anos no mercado paraguaio, alinhada às inúmeras solicitações de contratação de pessoas que atuam na área, decidimos narrar, do nosso ponto de vista, as causas dessa escassez cíclica que grande parte das empresas sofrem. , que buscam sua estruturação contemplando a unidade de recursos humanos. Considerando a gama de fatores envolvidos em tal situação, iremos descrevê-los em alguns capítulos. Capítulo I – Transição de Modelos de Negócios Nestas últimas seis décadas, pouco mais de 60 anos, indústrias se estabeleceram de fato no Paraguai com inaugurações de fábricas, como: 4P S.A. (categoria plásticos); PARESA Paraguai Refrescos S.A. (setor de bebidas) e Industrializadora Guaraní S.A. (Representante da PepsiCo EUA) e um pouco mais tarde da Itapúa Oil Company. Na verdade, os pioneiros a serem criados foram: AZPA - Azucarera Paraguai S.A. há 113 anos e a Indústria Têxtil de Fabricação Pilar com 94 anos. Antes desse período, as empresas instaladas estavam vinculadas ao Governo Nacional, nos setores: gráfica, frota mercante, fundição de ferro, ferrovia, telégrafo e eletricidade. Ao analisar o histórico das organizações criadas, nota-se que todas elas foram geradas com a presença da constituição familiar como formato comum, aspecto que até então era natural, uma vez que as atividades que se enquadravam na época estavam relacionadas com grande ênfase à pecuária e com menor participação “naquela época”, o setor agrícola.

bottom of page